Integridade (Mateus 5:48)

 13 DE JANEIRO

 


Integridade

“Portanto, sejam perfeitos como o vosso Pai celestial é perfeito.”

Mateus 5:48

Em 1986, após setenta e três segundos de voo, a nave espacial Challenger explodiu tirando a vida de sete pessoas e frustrando as aspirações de uma sociedade que colocou as suas esperanças numa realização tecnológica humana. A nave espacial tinha mais de um milhão partes. Naquela manhã fria de janeiro, uma parte não funcionou como planejado. Um anel de vedação permitiu que gases quentes incendiassem o tanque de combustível resultando num desastre.

Tais são os riscos de qualquer sistema complexo. O fracasso de um componente pode levar à falha de todo o sistema. O anel de vedação, sem as chamas, mostrava-se que poderia funcionar, e por diversas vezes antes do lançamento, escondeu o perigo e permitiu que os engenheiros ganhassem confiança na possibilidade de seu perfeito funcionamento no dia do lançamento. Eventualmente, as fraquezas têm o hábito de se revelar.

Assim também é com as nossas vidas; temos fraquezas de caráter que normalmente estão debaixo da superfície, escondidos nas rotinas de vida, reforçando a nossa confiança. Depois acontece algo que enfatiza essa fraqueza e nossa fachada é quebrada.

Eu divirto-me quando leio cartas de referência de candidatos a emprego, que descrevem “uma pessoa de alta integridade”. A integridade não pode ser quantificada. Está presente ou ausente. A escritura nos ensina a triste realidade, de que a vida de ninguém produz integridade. Considere estes versículos: “Quem pode entender o coração humano? Não há nada mais enganador; está demasiado doente para ser curado” (Jeremias 17:9) e “Não há ninguém que seja justo. Ninguém.” (Romanos 3:10).

No entanto, Jesus diz-nos: “Portanto, sejam perfeitos como o vosso Pai celestial é perfeito.” (Mateus 5:48). Aqui está o nosso dilema: nós sabemos que não podemos ser perfeitos, mas é exatamente isso que Jesus requer de nós. A solução está em entender que a perfeição (integridade) não vem de nós; é um dom de Deus fornecido através do trabalho sacrificial do Único que é justo. A integridade torna-se nossa quando aceitamos esse dom através da fé em Jesus Cristo.

Leitura complementar: Tito 2:6-7.

Oração: Senhor, rogamos perseverança em nossa busca por integridade, em Nome de Jesus, amém.

Gene Rudd

Traduzido por Haniel Passos Eller