23 DE JUNHO



 Graça 

“Pois vocês são salvos pela graça, por meio da fé, e isto não vem de vocês, é dom de Deus; não por obras, para que ninguém se glorie.” Efésios 2:8-9 

O conceito de graça é indiscutivelmente um aspeto importante da fé cristã. Muitas religiões enfatizam a conquista  da salvação, como um direito, através de boas obras e penitências, mas a Doutrina do cristão de Graça é contraintuitiva. Vou explicar melhor contando uma história do livro de CS Lewis “O grande abismo” (ou "a viagem" numa edição mais recente).

Um autocarro fazia o trajeto do Inferno ao Céu que consistia em fantasmas (seres transparentes) que esperavam migrar, se, claro, gostassem do Céu. Eles conheceram diversos cidadãos sólidos do Céu. Um dos fantasmas viu e reconheceu um cidadão celestial que foi julgado culpado, condenado e executado na terra. Surpreso e indignado, o espírito gritou: “Como pode o senhor, um assassino convicto, estar aqui, enquanto eu estou definhando numa pocilga todos esses anos no inferno?” O homem replicou e disse: “Eu fui perdoado e a pessoa que eu assassinei foi reconciliada no trono da Graça.” O fantasma não podia aceitar este disparate da justiça. Ele gritou: “Eu quero os meus direitos, meus direitos” obviamente acreditando que ele merecia o Céu. O homem que foi perdoado explicou e disse: “Se eu tivesse que receber os meus direitos, eu não poderia estar aqui. Nós não recebemos os nossos direitos aqui, nós conseguimos algo muito melhor.” 

Há dois aspetos importantes que devemos mencionar aqui. Não há um que mereça o Céu. Nós todos estamos em falta. Como as escrituras dizem: “Não há nenhum justo, nem um sequer;” (Romanos 3:10). No entanto, quando nos humilhamos e compreendemos verdadeiramente que nós não merecemos o Céu, e depois, clamamos a misericórdia de Deus, a graça nos é demonstrada. Na verdade, qualquer um pode chamar por ela, não interessa o quão pecador ela/ele possa ser. A graça libera a escravidão do legalismo. Nós somos libertos pela graça de Deus para amar e servir a Deus e ao homem. À medida que o dia de hoje passa, celebre esta liberdade e sinta-se em alegria!

 Leitura complementar: Romanos 5: 1-5 

 Oração: Senhor, dá-me a graça para expulsar o meu velho homem, que é corrupto, cheio de desejos detestáveis, e põe em mim a nova criatura, feita à semelhança de Deus em verdadeira justiça e santidade, em nome de Jesus, Amém. 

Vinod Shad 

Traduzido por Lorena A. Zambrano Velho

Revisto por Lilian Calaim