14 DE JULHO 

Além do burnout 






“...Venham comigo para um lugar deserto e descansem um pouco... “ Marcos 6:31 

O trabalho com a saúde da comunidade estava a correr bem. Houve melhorias na conscientização da saúde. Os índices de saúde das pessoas que eles vieram servir estavam a melhorar. Eles tinham trabalhado duro junto com sua equipa e estavam comprometidos em ver as pessoas conhecerem o Senhor. 

 Os anos cobraram o seu preço, e, quando os problemas surgiram, eles ficaram cansados. Quase exaustos, mas não desistiram.

 “Se as pessoas imaginassem quem eu realmente sou e o que eu sinto”, essa impertinente insegurança é a base de tantas depressões na vida de pessoas que enfrentam a nossa competitiva corrida da vida. A necessidade de afirmação e elogio... e a falta disso levando à auto-rejeição, e as nossas ações se tornam mais uma expressão de medo do que liberdade interior. 

 Burnout é uma experiência que muitos enfrentam. Uma das consequências mais desastrosas é um coração endurecido que não permite a renovação do Senhor. Cansaço e exaustão podem trazer isso. Os discípulos também encararam isso, e Jesus chamou-os para apenas descansar - com Ele e sozinhos - um convite a retirar-se do ruído e do ritmo físico da vida diária, e a estarem silenciosos perante o Senhor e descansar. 

Dentro do coração, reconhecerá a voz gentil, um convite vindo do Senhor, chamando-te para perto dEle. Bendito é aquele que responde. 

Pratique: Mantenha dias designados no seu calendário para se acalmar com o Senhor e descansar. De um coração descansado para o trabalho. 

“O Senhor cumprirá o seu propósito para comigo! Teu amor, Senhor, permanece para sempre... ” Salmos 138:8 

“Apeguemo-nos com firmeza à esperança que professamos, pois aquele que prometeu é fiel” 

Hebreus 10:23 

Sarah David Traduzido por Talitha Formagio Telles